Como lidar com a morteMorte e a MedicinaPsicologia MédicaQuestões ÉticasQuestões Éticas na Medicina

Oração ao cadáver desconhecido

 

Oração ao cadáver desconhecido

“Ao te curvares com a rígida lâmina de teu bisturi sobre o cadáver desconhecido, lembra-te que este corpo nasceu do amor de duas almas, cresceu embalado pela fé e pela esperança daquela que em seu seio o agasalhou.

 

Sorriu e sonhou os mesmos sonhos das crianças e dos jovens.

Artigos relacionados

Por certo amou e foi amado, esperou e acalentou um amanhã feliz e sentiu saudades dos outros que partiram.

Agora jaz na fria lousa, sem que por ele se tivesse derramado uma lágrima sequer, sem que tivesse uma só prece. Seu nome, só Deus sabe.

Mas o destino inexorável deu-lhe o poder e a grandeza de servir à humanidade.

A humanidade que por ele passou indiferente.

Tu que tivestes o teu corpo perturbado em seu repouso profundo pelas nossas mãos ávidas de saber, o nosso respeito e agradecimento.”

Ao cadáver, respeito e agradecimento (Rokitansky, 1876).


O estudante de medicina e o cadáver

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios